MIRIN reúne alunos das duas unidades

Nos dias 24 a 28 de julho, durante o recesso escolar, 14 alunos das duas unidades do Colégio Cruzeiro participaram do XIV Modelo Intercolegial de Relações Internacionais (MIRIN), na PUC-Rio. O evento, organizado por alunos da graduação em Relações Internacionais da PUC-Rio, simula encontros realizados por governos e órgãos internacionais para discutirem temas de relevância mundial.

De participação facultativa para os alunos do Colégio Cruzeiro, o MIRIN serviu de base para a criação, há cinco anos, do Modelo Interno do Colégio Cruzeiro (MICC), evento que envolve cada dia mais os alunos da escola e já conta com convidados externos.

"É o meu primeiro MIRIN, mas nem de longe é minha primeira simulação. Acredito no potencial desses eventos para desenvolver a oratória, a desenvoltura na fala e motivar a busca por assuntos de importância mundial. Todos esses sendo cruciais para se tornar um profissional mais íntegro e completo", afirmou Paulo Laboissiere, da turma 302, de Jacarepaguá.

A proposta dos modelos, cuja origem pode ser traçada a noventa anos atrás, em simulações organizadas por alunos de Harvard, tem como base a antiga Liga das Nações. Sua proposta é proporcionar uma experiência próxima da realidade profissional de diplomatas, chefes de estado, ministros, imprensa e terceiro setor, em um ambiente ditado por negociações multilaterais. Durante o evento, os estudantes devem mostrar conhecimento nos temas discutidos, agilidade mental, controle emocional e capacidade de argumentação.

"É a segunda vez consecutiva que participo do MIRIN, já participei de 11 simulações ao todo. Acho que é muito mais do que só estudo, é a experiência também. Quando você começa a estudar, fica mais animado a aprender sobre a ONU, economia, política, entre outros", contou Pedro Guerra, da 304 da unidade Centro.



Voltar ao topo